Início Notícias Habitação Prefeito Bica vai à CDHU acertar detalhes para liberação de 50 moradias populares para Urupês

Prefeito Bica vai à CDHU acertar detalhes para liberação de 50 moradias populares para Urupês

Em encontro com o superintendente da Funasa, ele também solicitou a liberação de R$ 500 mil para obras de ampliação de parte dos emissários de esgoto do município

Cerca de 2 minutos de leitura

Prefeito Bica junto ao Secretário de Estado de Habitação Flavio Amary e ao ao Diretor de Atendimento Habitacional, Marcelo Hercolin. Foto: Secretaria de Estado de Habitação.

Por Luís Fernando da Silva - Departamento de Comunicação Social

Publicado em 16/12/2020 11h10 - Atualizado em 16/12/2020 11h10

O Prefeito de Urupês, Bica, e o Diretor de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos, Lauriston Isique, estiveram na cidade de São Paulo, nesta terça-feira (15), para solicitar a liberação de duas importantes obras para o município.
Casas populares para Urupês
Na Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), o prefeito solicitou a aprovação da vistoria do terreno que vai ser cedido pelo município para a construção das já conquistadas 50 casas populares em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF) e a Prefeitura.
“Após conseguirmos a aprovação dessa vistoria, já será possível entregar os últimos documentos necessários para comprovar a viabilidade técnica-econômica do projeto e, posteriormente, iniciar as obras”, explicou o prefeito.
Na oportunidade, ele também solicitou ao Secretário de Estado de Habitação, Flavio Amary, e ao Diretor de Atendimento Habitacional, Marcelo Hercolin, mais 50 casas para Urupês – além das 50 já conquistadas. “Foi um diálogo frutuoso e saímos de lá muito esperançosos de conquistar essas novas moradias”, completou Bica.
Obras de saneamento
O segundo compromisso foi na Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), onde o prefeito Bica e o Diretor de Meio Ambiente, Lauriston Isique, dialogaram com o superintendente da entidade, Ronaldo Souza Camargo, e com o chefe da Diesp-SP, Adam Douglas Pinto, a respeito de recursos na ordem de R$ 500 mil para ampliação de parte dos emissários de esgoto que estão em situação precária.
O prefeito explicou que a tubulação se encontra em estado de deterioração avançado, o que pode provocar vazamentos e, consequentemente, a contaminação de recursos naturais. Ainda, de acordo com o prefeito, a reunião possibilitou a troca de informações importantes para a viabilização e liberação desses recursos.

Notícias recomendadas

Pesquisar por assunto