Início Notícias Crianças e Adolescentes Atendimento psicológico nas escolas de Urupês zera número de casos de gravidez na adolescência

Atendimento psicológico nas escolas de Urupês zera número de casos de gravidez na adolescência

Cerca de 2 minutos de leitura

30 acessos

Imagem ilustrativa. Foto: Secretaria de Educação do Estado do Maranhão.

Por Luís Fernando da Silva - Departamento de Comunicação Social

Publicado em 10/01/2020 11h34 - Atualizado em 10/01/2020 11h53

O Projeto Agregar, que oferece aconselhamento psicológico gratuito para crianças e adolescentes das escolas públicas municipais de Urupês, reduziu para zero o número de casos de gravidez na adolescência e diminuiu drasticamente os automutilação entre os alunos, no ano de 2019.
A informação foi obtida, nesta sexta-feira (10), com a responsável pelo projeto, a psicóloga Valnia Maria Ledesma Esteves. Ela conta que, desde a implantação do Agregar, em 2017, a incidência de casos diminuiu progressivamente, atingindo níveis recordes no último ano.
O projeto forma rodas de conversa que levam informação e suscitam o debate de assuntos importantes, presentes no cotidiano desses jovens. Os temas passam por sexualidade, relacionamentos familiares e expectativas e anseios, dentre outros. O grande diferencial é que a informação é levada de maneira leve e no ritmo dos alunos, permitindo que eles possam compartilhar situações que impactem em sua maneira de viver e de se desenvolver. As propostas de intervenção aos problemas são sugeridas na própria roda, o que beneficia todos os alunos.
Casos considerados mais graves são direcionados ao atendimento clínico, particularizado, que inclui psicoterapia. Contudo, segundo a psicóloga, na grande maioria das vezes, não há necessidade de encaminhamento e os problemas são solucionados nas próprias rodas.
O principal benefício, para o aluno, é promover a melhoria na qualidade emocional, prevenindo o sofrimento mental e visando a construção de um desenvolvimento saudável.
“O mais legal foi eu me certificar de que eu estava no caminho certo”, comemora a psicóloga que, recentemente, passou por um treinamento com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. O Agregar é promovido pela Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

Notícias recomendadas

Pesquisar por assunto