Início Notícias Saúde Agentes de Saúde orientam moradores sobre perigos de contágio da COVID-19
Saúde |
Por Luis Fernando da Silva, Assessoria de Imprensa
Agentes de Saúde orientam moradores sobre perigos de contágio da COVID-19
Prefeitura deve iniciar medidas mais enérgicas para o enfrentamento da doença.
Whatsapp
print
Foto: Divulgação
Os Agentes Comunitários de Saúde de Urupês saíram às ruas para uma ação de conscientização da população em prevenção ao COVID-19 na manhã de hoje (20). Eles estão reforçando as orientações sobre a importância do uso de máscaras e direcionando moradores que não apresentam razões para estarem nas ruas a voltarem para suas residências. A ação foi coordenada pelas Gerentes de Atenção Básica Juliana Crivelaro e Ivalda Franzin.

Segundo o relato dos agentes, muitas pessoas continuam circulando pela cidade sem o uso de máscaras, o que aumenta consideravelmente o risco de contágio pela doença.

A Secretária de Saúde, Cristina Camargo, informou que a ação continua na tarde de hoje e durante o dia de amanhã (domingo, 21), em diversos pontos da cidade, e dando especial atenção a locais onde ocorreram denúncias de infração do decreto.

A partir de hoje, a Prefeitura deve redobrar os esforços para controle do avanço da doença na cidade. A orientação é de que as pessoas permaneçam em suas casas e não saiam sem que haja motivo plausível.

Situação preocupante na região

Na manhã desta sexta-feira (19), o Prefeito Bica junto a secretários e assessores da cidade, participaram de uma videoconferência promovida pelo Ministério Público, que reunia gestores municipais de diversas cidades da região de Catanduva.

Na ocasião, os responsáveis pelos hospitais de referência manifestaram grande preocupação com a saúde pública da região. Segundo eles, além de a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria já estarem próximos de 100%, existe uma falta de medicamentos imprescindíveis para a internação e manutenção de pacientes com a doença, como anestésicos, sedativos e relaxantes musculares, extremamente.

Recentemente, cidades como Tabapuã e Ariranha, de tamanho similar ao de Urupês, manifestaram um aumento grande no número de casos confirmados da doença. Em Tabapuã, já passa de 100 o número de confirmados; e Ariranha já decretou o chamado “lockdown”, com permissão de funcionamento apenas de serviços estritamente necessários.
Notícia impressa de http://urupes.sp.gov.br em 10/07/2020

Saiba mais sobre a Secretaria de Saúde