Início Notícias Saúde Moradores de Urupês recebem atendimento gratuito do Hospital Albert Einstein, através da teledermatologia
Saúde |
Por Carina Costa, Assessoria de Imprensa
Moradores de Urupês recebem atendimento gratuito do Hospital Albert Einstein, através da teledermatologia
Whatsapp
print

Os moradores de Urupês agora contam com um novo e moderno programa de diagnóstico virtual de pacientes dermatológicos, através de uma plataforma chamada teledermatologia. Os exames, coletados nas unidades de saúde do município, são enviados aos médicos de referência do Hospital Albert Einstein para serem analisados em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde.

Após a análise, as equipes de saúde do município recebem o laudo através da mesma plataforma e encaminham os pacientes para possíveis cirurgias ou demais tratamentos. O intuito é reduzir filas e o tempo de espera para pacientes com lesões suspeitas, realizando um diagnóstico precoce de doenças dermatológicas, principalmente o câncer de pele.

O aplicativo é disponibilizado pela Secretaria Estadual de Saúde apenas aos órgãos municipais competentes e não pode ser baixado nos dispositivos dos pacientes. Todo o procedimento é gratuito para a população.


Teledermato: como funciona nas redes públicas

O atendimento é realizado através de consultas médicas nas unidades públicas de saúde do município. Em Urupês, a equipe de saúde entra em contato com pacientes que já estão na fila de espera da especialidade, e antecipa as consultas com o clínico geral das unidades.
Durante as consultas, o médico faz uma análise do paciente e transcreve um relatório que é enviado através do aplicativo em conjunto a fotos das manchas e lesões, que são captadas na triagem, pelos enfermeiros. Através do aplicativo, os médicos especialistas do hospital Albert Einstein recebem essas informações, estudam e enviam um laudo com o diagnóstico entre três a cinco dias para a unidade de saúde. O mesmo procedimento é feito quando chega um novo paciente dermatológico nas unidades básicas de saúde.

“Todas as equipes foram treinadas para o atendimento através do aplicativo, mas se acontecer de as imagens chegarem desfocadas ou com algum problema, os especialistas solicitam imediatamente outra imagem do paciente para a análise”, explica Leila Zuanon, enfermeira do Sistema Público de Saúde de Urupês.

Um serviço efetivo, acurado e seguro na avaliação de lesões de pele suspeitas, permitindo uma abreviação no tempo de diagnóstico e auxiliando os médicos do município a definirem se as lesões devem ser tratadas imediatamente e se o paciente deverá ou não ser submetido à cirurgia.


A eficácia da teledermatologia no diagnóstico precoce do câncer de pele

A teledermatologia possibilita uma interconsulta – quando médicos locais solicitam pareceres de profissionais peritos –, o que aprimora o atendimento com análises de especialistas e através de uma plataforma de forma rápida e eficiente.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o câncer da pele corresponde a 33% de todos os diagnósticos de pacientes oncológicos. O Instituto Nacional de Câncer (INCA) contabiliza cerca de 180 novos casos por ano.

Somente um exame clínico feito por um médico especializado ou uma biópsia pode diagnosticar o câncer da pele, mas é importante estar sempre atento aos seguintes sintomas: manchas que coçam, descamam ou sangram; sinais ou pintas que mudam de tamanho, forma ou cor e feridas que não cicatrizam em 4 semanas.

“O trabalho em conjunto traz sempre bons frutos, e essa parceria da Secretaria Estadual da Saúde com o Hospital Albert Einstein, um dos mais renomados de estado, só veio agregar para nosso município”, salienta o prefeito Bica.
Notícia impressa de http://urupes.sp.gov.br em 28/02/2020

Saiba mais sobre a Secretaria de Saúde